Dignidade Acadêmica. A bola de ouro da UFRJ

Para aqueles alunos que conseguiram a árdua tarefa de sobreviver à UFRJ e ainda conseguiram essa proeza com um CRA(coeficiente de rendimento acumulado) maior ou igual a 8,0, a universidade oferece um diploma adicional de dignidade acadêmica.

Anualmente, a UFRJ concede Dignidade Acadêmica aos alunos que concluem a graduação tendo obtido um número de créditos superior a 80% de seu curso  (para quem possui dispensas, elas não podem exceder 20% da grade curricular); tenham completado o curso dentro do período de tempo previsto como duração normal; e não tenham sofrido qualquer sanção disciplinar.

A concessão do diploma de Dignidade Acadêmica, nos seus diferentes graus, é feita aos alunos que alcançam, durante todo o curso,  os  coeficientes  de  rendimento:

– Summa cum laude, igual ou superior a 9,5;
– Magna cum laude, igual ou superior a 9,0; e
– Cum laude, igual ou superior a 8,0.

São levadas em consideração as notas de aprovação final do aluno em todas as disciplinas e existem mais 2 detalhes que devem ser levados em conta:

1-A quantidade de créditos dispensados não pode ser mais que 20% do total de créditos cursados regularmente. A grade do aluno mostrará o total de créditos acumulado, e o que o aluno foi dispensado não pode ser mais que 20% da quantidade acumulada regularmente.

2-Tenham completado o curso dentro do período de tempo previsto como duração normal (entende-se por duração normal, o número de semestres previstos pela UFRJ para conclusão do curso, não sendo computados os semestres de trancamento de matrícula). Logo, passou um semestre da periodização normal, perdeu.

O diploma de dignidade não tem nada a ver com o diploma normal da UFRJ, ele é um diploma separado e é recebido numa solenidade que acontece uma vez por ano,em data e local previamente determinado e avisado ao aluno por uma carta .

Para requisitar o seu diploma basta comparecer à DRE (Divisão de Registro de Estudantes- CCMN) , no horário das 10:00 às 13:00 ou das 14:00 às 16:00, somente quando a data de colação já estiver lançada  no histórico. Não precisa trazer nenhum documento especial além da identidade, o aluno preencherá um formulário de solicitação e seu histórico será analisado, preenchendo os requisitos ,ele será previamente notificado sobre a data e local do evento.

Este diploma faz grande diferença para o mercado de trabalho, pois além do peso do diploma da UFRJ, ter uma certificação  atestando que sua graduação teve um diferencial no desempenho pode fazer toda a diferença.
Anúncios
Published in: on junho 18, 2015 at 3:57 pm  Comments (65)  
Tags: ,

The URI to TrackBack this entry is: https://licenciadosemgraduacaoufrj.wordpress.com/2015/06/18/dignidade-academica-ufrj/trackback/

RSS feed for comments on this post.

65 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Nesse caso, períodos com situação “ALUNO EM INTERCÂMBIO” também não entram na contagem dos períodos para que se satisfaça a condição 2 ou não?

    • Por favor, também tenho a mesma dúvida!!

  2. “e não tenham sofrido qualquer sanção disciplinar.”

    o que seria isso?

    • Sanção disciplinar é um processo que pode ser investido contra o aluno no qual ele recebe uma espécie de “anotação na carteirinha”, lembra disso? Um exemplo é ser pego colando, ou fraldar uma nota ou como já aconteceu de alguns alunos fazerem rappel na falecida perna seca do Hospital sem pedir autorização, correram risco e levaram uma “sanção disciplinar. Fica na paz

  3. Tenho que requerer minha dignidade acadêmica antes ou depois de pegar meu diploma de graduação?

  4. Vamos ser sinceríssimos e acabar com essa palhaçada de titulos acadêmicos arbitrários que se prendem dar estímulo aos alunos e se fazerem importantes.
    Dignidade Acadêmica não é de maneira alguma ter CrA acima de qq numero,nao é não ter nenhuma sanção.Dignidade acadêmica é não ser rico e mesmo assim conseguir passar no vestibular da UFRJ que é extremamente elitista, dignidade é comprar os livros e tirar xerox,pagar o nosso almoço- que por sinal não temos bandeijao na praia vermelha,só pra constar-.
    Dignidade é ser educado ainda quando contamos com a má vontade dos servidores da UFRJ.Dignidade a força é ter que assistir aulas e cumprir milhões de rituais pretensamente fundamentais na “formação do aluno com pensamento crítico” mesmo quando sabemos que muitos desses rituais são meramente burocráticos, mesmo quando sabemos que muitos professores não são qualificados ou dão aula de qualquer jeito.
    Enquanto acharmos que a Dignidade é um número que não serve para absolutamente nada-muito menos pra “diferencial na hora do emprego” vamos continuar numa universidade atrasada que paga de vanguarda,que paga de moderninha,mas que na verdade ainda é retrógrada e conservadora em muitos aspectos .
    Dignidade antes de tudo é uma postura ética,e pra isso,não tem diploma.E mesmo se tivesse,a própria UFRJ não o possuiria.
    Espero que alguém mais se desacomode e comente esse post.

    • Eu sou o primeiro a comentar alexandre e concordo com tudo que você falou, mas a discussão desses valores ainda engatinha com passos curtos, visto que as políticas de inclusão agora é que estão sendo efetivamente discutidas e avaliadas, também não adianta colocar milhões de alunos para dentro da universidade e comprometer o lado de lá do funil, estamos com déficit de profissionais qualificados porque “entrar” na faculdade é o lado mais “facil” da história, as estísticas mostram que “sair” dele é o verdadeiro prêmio. Então o diploma de dignidade acadêmica valoriza e exalta a força de vontade daqueles que conseguiram “sair” da universidade com um desempenho diferenciado. A primeira conquista do vestibular torna-se minúscula quando enfrentamos o “mundo real” onde os concursos públicos apontam índices iguais ao último concurso que fiz para o Banco Central , que estava 1123 para 1, infinitas vezes pior que o curso mais concorrido do qualquer vestibular. O diploma de dgnidade tem seu valor e só quem passou pela estrada e consegue cortar a fita da chegada sabe como é. Fica na paz.

  5. Acredito que isso ocorra em outras universidades de ensino público tb. A UFRJ não é a única e mtos professores meus já alertaram-me dizendo que a universidade pública tb não é a coisa mais perfeita que a gente imagina quando tenta o vestibular. Mas somos testados/avaliados assim tb. Não há nada que não sirva como experiência e aprendizagem.

    • Se a pública já não é esse paraíso comparado com o que há de melhor , imagine as universidades privadas (no bom sentido) que todo ano ficam impedidas de abrir cursos porque ficam reprovadas no ENADE. Acredite em mim, existe uma UFRJ para cada curso aqui dentro. o aluno da engenharia nunca terá a mesma visão da instituição do aluno das artes e do pessoal da área biológica, isso você vai perceber depois. Fica na paz.

  6. Não entendi: “1-A quantidade de créditos dispensados não pode ser mais que 20% do total de créditos cursados regularmente. A grade do aluno mostrará o total de créditos acumulado, e o que o aluno foi dispensado não pode ser mais que 20% da quantidade acumulada regularmente.” O que é dispensa de créditos?

  7. E se o curso tiver 9 semestres e eu concluir em 8? Adianta?
    Ah, nunca consigo tirar minha carteirinha.
    Falam que a foto não está certa.
    Como faço para saber se a foto está no padrão?

    • Prezada Natasha. Consulte sua grade curricular no SIGA que ela mostrará o tempo “mínimo”, “recomendado” e “máximo” de conclusão, nesta situação não tem problemas terminar antes. Veja o tópico “carteirinha da UFRJ- O sonho de consumo” e veja como é o modelo da foto. Fica na paz.

  8. Po, não entendi os 80% do curso… número de créditos totais de todas as disciplinas oferecidas, número de créditos das obrigatórias ou número de créditos a serem cumpridos???

    • Prezado Rodi. Os 80% se referem às disciplinas cursadas NA UFRJ. Significa na prática que de toda grade horária do aluno (100%), pelo menos 80% tem que ter sido cursado aqui na UFRJ, logo, o aluno que possui “dispensas de disciplinas”, por ter cursado disciplinas comuns em outra graduação fora da ufrj, não pode totalizar mais de 20% dessas dispensas, senão perde o direito ao diploma. Fica na paz.

  9. Olá. Fiz meu requerimento para receber o Diploma de Dignidade Acadêmica em junho. Sei que as cerimônias de diplomação costumam demorar para acontecer, mas gostaria de receber pelo menos uma declaração, porque preciso apresentar em um concurso que estou prestando, onde se pontua a láurea acadêmica. Como faço para pedir logo uma declaração? Qual o telefone para entrar em contato com o setor responsável?

  10. Estou concluindo minha gradução…tenho coeficiente de rendimento igual a 9,0, estou no 10º período (tempo de duração normal do meu curso) e pretendo defender minha monografia em outubro ou novembro. Neste caso, considerando o tempo de reenvio da monografia corrigida após defesa e dos documentos, a colação de grau, provavelmente, não acontecerá neste ano (2011), embora eu tenha, efetivamente, integralizado todas as disciplinas do meu curso neste ano, dentro do prazo normal. Se a colação de grau ocorrer ano que vem (2012), eu perco direito ao diploma de dignidade acadêmica? Ou este período normal de conclusão de curso refere-se à eliminação de todas as disciplinas e não da colação de grau?

    • Prezado Marcos. O “fim ” do seu curso está relacionado não com a data em que você cola grau, mas sim com o semestre em que você cursou a última disciplina de sua grade, o prazo de integralização leva como referencia este semestre, sendo assim você pode colar grau em 2025, mas a sua “conclusão” terá sido em 2011-2. Fica tranquilo.

  11. Dignidade Acadêmica, como um amigo disse acima, não pode ser medido apenas com o CRA, mas sim, o aluno que pocura:

    – só faltar às aulas em caso de doença;
    – prestar atenção às aulas e não ficar conversando com os colegas durante as mesmas, o que é uma p*ta falta de respeito com o professor;
    – não chegar atrasado nas aulas, e nem entrar e sair da sala durante a aula, como se estivesse em um resort ( a não ser em casos em que não se possa evitar );
    – não tirar dúvidas com o professor durante a prova ( muitos desses durante as aulas nem abrem a boca );
    – fazer os trabalhos acadêmicos sem ficar requisitando o professor toda a hora, com medo de não tirar um 10 (ou não ) ( p*ta falta de confiança em sí mesmo);
    – não viver no gabinete do professor pedindo pra que resolva as questões ou fazendo aquela social só pro professor lembrar seu nome durante a correção da prova;
    – não ficar chorando revisão de prova pra ficar com 10 ( ou não );
    – não fazer a graduação pensando que o importante é a nota( com um medo terrível de não obter a nota desejada ), mas sim assimilar os conteúdos e aplicá-los no cotidiano;
    – saber que, em geral, nota não significa muita coisa, pois pode ser conseguida de diversas maneiras anti-éticas, como algumas citadas acima;
    – se formar e ter a consciência de que o ideal é servir à comunidade que patriocinou seus estudos, e não ir pro lugar em que se paga mais ( até parece garoto(a) de programa de luxo que vai aonde oferece mais ).

    Enfim, isso sim é o que se pode chamar de dignidade acadêmica!

    • Concordo com você em muitos quesitos, mas tem certos aspectos que são subjetivos, sendo assim o método de avaliação de desempenho da sociedade e a aquisição de cargos públicos ocorre com a avaliação baseada no sistema de notas. A questão meritocrática da sociedade sempre se reflete por meio de provas, seja no vestibular, seja num concurso público, seja numa entrevista de emprega, logo, o único meio eficiente de “filtrar” os alunos pelo desempenho é avaliando as melhores notas. O diploma de dignidade visa justamente filtrar o método mais racional de avaliação que é selecionar os alunos que terminaram sua graduação com as melhores notas. Os outros métodos de avaliação além de subjetivos são impossíveis de serem avaliados, sendo assim o diploma apesar de fornecer uma avaliação incompleta é sim um método interessante e válido de premiar os melhores alunos. Fica na paz.

      • É verdade, Fábio, apesar das numerosas falhas que a avaliação por meio de notas possa oferecer, ela é a melhor alternativa para valorizar os alunos que mais interesse, a princípio, demonstraram para com a graduação.
        O que eu quis passar é o aspecto ilusório que talvez induza na mente de muitas pessoas essa questão de títulos. Parece que qualquer aluno com CRA acima de 8,0 é um exemplo a ser seguido, pode desfrutar de algum prestígio e é, de certa forma, “superior” aos alunos com CRA menor, o que é um engano.
        Alunos com CRA acima de 8,0, a princípio, tem maiores méritos que os demais, o que exclui os que conseguiram essa média sem estarem afinados com os princípios de dignidade e ética que a Universidade procura transmitir a todos seus alunos. E, fazendo um curso de engenharia, vejo que ao menos metade dos alunos que tem grande destaque, recorrem a um bom número das práticas anti-éticas citadas no post anterior.
        Acho que essa questão de ” as aparências podem enganar” é algo que deva valer, não somente para o caso acima de mérito acadêmico, mas para inúmeras outras áreas da vida… por trás daquela imagem aparentemente perfeita, bela, pode ter toda uma atmosfera ( e na maioria das vezes tem )que é totalmente o contrário do que a imagem possa sugerir… exemplos no nosso dia-a-dia é o que não faltam…
        Também gostaria de abordar, como aluno da Escola Politécnica ( EP ), a questão do destino profissional dos alunos da mesma… na EP há um grande incentivo para que os alunos sigam carreira nas empresas privadas, mas muito forte mesmo, ao passo que nunca ouvi da EP qualquer incentivo para que os alunos ingressem na carreira pública ( estamos numa Universidade pública, certo? ). Não digo que é um erro trabalhar para uma empresa privada, um banco e tal, mas acho que o foco profissional deveria estar no setor público, que, mesmo não pagando grandes salários como grandes empresas privadas fazem( algumas empresas públicas até pagam bem: Petrobras, Agências Reguladoras do Governo Federal,… ) pelo menos seria um grande impulso para melhorar o país: imaginem se pelo menos metade dos alunos das Universidades públicas brasileiras ( que, indiscutivelmente, tem uma formação melhor que as demais ), ingressassem no setor público? Isso alavancaria o Brasil, ajudaria a combater focos de corrupção e a fornecer serviços dignos à toda a população… mas aí tb vai da questão do empenho que cada servidor teria em servir diretamente à sociedade… atualmente, vejo muitos servidores totalmente displicentes, que não chegam no horário, acham que fazem um favor atendendo ao público, que não tem respeito pelos usuários dos serviços públicos…
        Isso pode parecer utopia,mas, mais cedo ou mais tarde nós chegaremos lá, por bem ou por mal, com ou sem dor, mas chegaremos lá…
        Evolução

      • Continuaremos nessa esperança. Fica na paz.

  12. […] Dignidade Acadêmica a bola de ouro da UFRJ […]

    • pRezado Eduardo. Lei a tópico que fala do diploma de dignidade acadêmica e tire as suas dúvidas por completo. A dignidade é somente para quem conseguiu se formar com CR acima de 8,0 e terminou o curso dentro do prazo de integralização. Fica na paz.

  13. CRA é o CR acumulado? Outra coisa… As notas em cada disciplina tem que ser essas maiores que 8 ou… O CR acumulado, no último período deve estar acima de 8?

    • Também tenho essa dúvida! Existe um mínimo para a nota em cada disciplina, ou basta ter o CRA maior ou igual a 8,0 ?

  14. Tenho uma dúvida quanto ao BOA. Por exemplo, no meu curso (licenciatura em Geografia), temos que cumprir 18 créditos e 300 horas de disciplinas de escolha condicionada. Já cumpri os créditos (mas não as horas), e há quem diga, que para colar grau, o que é levado em conta, são os créditos e não as horas. Qual seria o correto?

  15. Ola! Gostaria de saber se posso requisitar o diploma de dignidade academica apos ter colado grau? Eu colei grau em Janeiro, mas não sabia dessa certificação pois sou aluna do CEDERJ. Desde ja agradeço.

    • Prezada Neusa. É depois de colar grau mesmo que se faz o pedido, e a cerimônia ocorre duas vezes ao ano com a presença do Reitor. Compareça na DRE e preencha o requerimento. Fica na paz.

      • Muito obrigada pela informação.

  16. Olá Fábio! Eu me formei em jul.11 e só colei grau em nov.11. Eu me formei no prazo normal, 8 semestres, e tenho CRA acima de 8,0, mas em dois períodos eu fiquei com CR 7,9. Como não tinha começado a me graduar em outra faculdade para pedir isenção em disciplina, meus créditos são 100% concluídos na UFRJ. Será que posso solicital esse diploma???? E o que quer dizer: “São levadas em consideração as notas de aprovação final do aluno em todas as disciplinas”. Eu, necessariamente, tenho que ter tirado nostas acima de 8,0 eu todas as disciplinas que cursei ao longo desses 4 anos, caso contrário não poderei recebê-lo???? Abç.

    • Também tenho essa dúvida. Meu CR no primeiro período foi 6,9, e a partir do segundo sempre maior ou igual a 8,0; mesmo havendo uma ou outra disciplina no período que a nota tenha sido inferior a 8,0, mas nunca, se quer chegou a 5,0, sempre sendo aprovado.

  17. Olá,

    Quando você diz “São levadas em consideração as notas de aprovação final do aluno em todas as disciplinas”, quer dizer que se eu tiver sido aprovada em uma disciplina com nota 5, mesmo tendo terminado com CR 9, eu não tenho direito ?
    Obrigada

    • Prezada Natália. Não, para a dignidade o que vale é o CRA (CR acumulado), onde “São levadas em consideração as notas de aprovação final do aluno em TODAS as disciplinas”. Significa que é o CR de TODA história do aluno. Boa sorte.

  18. O que é considerado período NORMAL é o mínimo? Ou é considerado normal qualquer tempo de conclusão entre o mínimo e o máximo?

    • Prezada Thais. Normal é se o aluno seguir a grade recomendada, mínimo é quando ele tenta puxar o máximo de 32 créditos em cada semestre cumprindo os pré requisitos e máximo é literalmente quando o aluno já passou do ponto.

  19. adorei……..

  20. Dei entrada no pedido do diploma de dignidade acadêmica e até hoje não recebi nenhum comunicado para recebê-lo. E isso tem uns 2 anos. Gostaria de sabe se tenho que dar entrada com um novo pedido. Grata.

    • Prezada Monique, apesar da cerimônia ser apenas uma ou duas vezes no ano dá uma ligada para DRE para eu ver sua situação. Fica na paz.

  21. Reblogged this on O Transparente.

  22. Boa tarde. Sou calouro e gostaria de saber sobre a questão do “destaque acadêmico” e outras “condecorações” aos alunos. Existem na UFRJ também? São semestrais? Possuem os mesmos critérios do “Diploma de Dignidade Acadêmica”? Por exemplo: tenho as disciplinas obrigatórias do meu curso, no entanto, tenho interesse em cursar outras disciplinas de outros cursos. Isso atrapalharia, futuramente, a obtenção do destaque acadêmico ou do Diploma de Dignidade Acadêmica? Obrigado.

  23. Olá, tudo bem?
    Uma pergunta, você sabe quando será a próxima cerimônia e qual seria o prazo para entrar com o requerimento e ainda fazer parte?

    Obrigado,
    André

  24. Prezado, bom dia! Fiz minha graduação em biologia pelo CEDERJ e concluí meu curso no ano passado, tendo colado grau em dezembro do mesmo ano (2011). Tendo-se em vista que preencho os requisitos para a obtenção do diploma de dignidade acadêmica no grau Magna Cum Laude (pois fiz meu curso no tempo normal, não sofri sanções disciplinares, a maior parte dos créditos foi pela UFRJ e meu CRA=9,0), fiz a solicitação do título na secretaria do DRE no mesmo dia da minha colação de grau, preenchendo o formulário com as informações necessárias. O senhor que me atendeu informou-me que eu receberei o comunicado da cerimônia através de carta ou telegrama (isso foi em dezembro de 2011), mas até o presente momento não fui comunicado sobre a entrega, não recebi carta ou email e fica difícil para mim verificar isso diretamente ao DRE já que estou residindo em outra cidade um pouco distante do Rio de Janeiro. Porventura, o amigo saberia me informar quando será a próxima solenidade? A cerimônia de dignidade acadêmica costuma acontecer no final do ano? Devo aguardar mais um pouco o comunicado, antes de entrar em contato com o DRE? Por favor, se puder me esclarecer, ficarei grato. Abraços e fica na paz!

  25. Olá, Fábio!
    Gostaria de esclarecer uma questão com relação ao quesito do CR para obtenção do diploma de dignidade acadêmica; como essa questão do CR funciona, é o CRA que deve ser maior do que 8,0, o CR de cada período acima de 8,0 ou a nota final em cada disciplina ao longo de todo o curso acima de 8,0? Espero que não seja a última, pois de nada adiantará um CR 9,5 se eu tirar, mesmo que uma única vez, 7,5 em uma disicplina, certo?!
    Grato desde já,

    Pedro Lima.

  26. Olá Fábio! Acredito que me encaixo nos requisitos e gostaria de saber informações de ordem prática.
    Com a greve dos professores já em andamento, gostaria de me manter atualizada sobre a possibilidade de ir até o DRE (não moro muito perto do Fundão, então, para mim, esse deslocamento é um pequeno transtorno) e não conseguir dar a minha entrada.
    Meu e-mail segue abaixo, e se pudermos conversar por ele, para ter certeza de que não perderei a viagem, seria de grande valia.
    mais uma coisa: o texto diz que só preciso levar minha Identidade. Isso confere?
    Agradecida.

  27. Gostaria de saber se haverá solenidade (ou se já aconteceu) em 2012… entreguei meus documentos na DRE em janeiro de 2012 e até o presente momento nada foi analisado. Os funcionários da divisão não souberam me dar informações coerentes e específicas.

  28. Olá, colei grau em janeiro de 2010, terminei em 5 anos, com CR acumulado de 8,9, posso pedir o Cum laude, mesmo depois de graduada?
    ahh: nunca sofri sanção nenhuma, nem fui reprovada

  29. Quem for reprovado uma única vez mas, ainda assim, conseguir ficar com CRA igual a 9,0 tem direito ao diploma de Dignidade Acadêmica?

    • Mesma dúvida, Só que meu CR é 8,0.

  30. “São levadas em consideração as notas de aprovação final do aluno em todas as disciplinas”. Se eu ficar com uma nota abaixo de oito, ainda que meu CRA esteja acima desse valor, não tenho direito ao diploma de Dignidade Acadêmica?

    • Já descobriu essa resposta?? Também gostaria de saber!

      • O que conta é somente o CrA! Me informei na DRE!

  31. Minha dúvida é a mesma já apresentada aqui nos comentários, que não teve resposta até então:
    “Nesse caso, períodos com situação “ALUNO EM INTERCÂMBIO” também não entram na contagem dos períodos para que se satisfaça a condição 2 ou não?”
    Isto é, gostaria de saber se o período em que o aluno está fazendo intercâmbio é desconsiderado assim como o trancamento para a contagem de períodos de integralização da disciplina.
    Agradeço a atenção, obrigada!

  32. Ah e meus parabéns pelo blog, ótima iniciativa!

  33. Olá, boa tarde. Gostaria de saber a respeito do tempo do curso dentro do período de tempo previsto como duração normal, pois meu curso é Ciências contábeis, são 9 períodos pq o último é só monografia mas adiantei a monografia e vou terminar em 8 períodos. Tem problema terminar antes?

    Por favor me ajudeeeeem! Já preciso fazer essa requisição na DRE.

    Obrigada!!!!!!!!! PARABÉNS PELO BLOG!

    • Fui contemplada também! A cerimônia está marcada para 11/11/2016 no CT do Fundão!

  34. Quem foi reprovado em uma única matéria por falta, mas tem CRA 9.0, pode pedir dignidade acadêmica?

  35. Já teve a cerimônia de entrega dos diplomas de Dignidade Acadêmica em 2015? Quado foi a última e quando será a próxima?

    • Desde o ano passado estou querendo saber de datas, mas não tive resposta deles. Entrei com o processo em 2013 e fui lá ano passado acompanhar e disseram que fui contemplada. Até o momento não tive mais informações.

      • Me formei em 2014/1, fiz o requerimento no DRE, e até hoje não tive resposta também.

  36. Me formei em 2014/1, fiz o requerimento no DRE, e até hoje não tive resposta sobre quando terá a cerimônia, ou SE terá. Será que nossa Universidade não está mais interessada em valorizar a dignidade e excelência dos seus alunos?

    • Vim aqui só para deixar registrado que finalmente vou receber a dignidade acadêmica, mais de dois anos depois, mas tá valendo!

  37. Prezado, fui ao DRE no dia 21/03 e preenchi o formulário. Passou uma semana e ainda não recebi notificação por e-mail. Como não há nenhum número de solicitação ou protocolo nesse formulário, fico sem saber se deu certo, rs. Poderia confirmar se o formulário não foi perdido, por favor? Muito obrigada!

  38. Olá, eu vou participar da cerimônia de dignidade acadêmica essa semana. Será que eu posso levar minha família ou a cerimônia é restrita aos alunos?

  39. I delight in, cause I discovered exactly what I used to be
    having a look for. You have ended my four day lengthy hunt!
    God Bless you man. Have a nice day. Bye


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: